terça-feira, junho 19, 2012

BNDES, UMA BOMBA RELÓGIO DE EFEITO RETARDADO

LULA, DIRCEU e DILMA, cometeram diversos crimes que remontam as décadas em que essas figuras repugnantes faziam parte dos BANDOS DE DELINQUENTES URBANOS que extorquiam, roubavam, fraudavam e sequestravam. 

A onda de crimes da quadrilha continuou durante o fracassado governo petista, sendo talvez o mais grave, os CRIMES DE RESPONSABILIDADE contra o TESOURO NACIONAL via BNDES, essa instituição que foi aparelhada para transferir toneladas de dinheiro do cidadão brasileiro para entupir o caixa de empreiteiros corruptos e empresários milionários que, em conluio com o próprio governo e com dirigentes graúdos das Estatais, transformaram o BNDES numa Joint Venturi do crime.  




COMO ISSO É FEITO?

O BNDES subsidia um pequeno grupo de empresários, concedendo empréstimos bilionários com taxas de juros abaixo da taxa que o TESOURO NACIONAL paga ao mercado financeiro na captação dos recursos.





O BNDES pede dinheiro ao Tesouro Nacional para financiar investimentos no Brasil e obras no exterior, prometendo pagar à longuíssimo prazo (30 anos), com juros de 5% ao ano. Como o Tesouro Nacional não possui tais recursos, pede dinheiro emprestado ao mercado financeiro, pagando juros superiores à inflação corrente, acrescido de 6% a.a. de juros reais.


Numa frase: o Tesouro empresta ao BNDES com juros de 5% e paga 12,5% de Juros na captação dos recursos no mercado. 

Esse rombo financeiro é maior do que todos os gastos federais com o BOLSA FAMÍLIA. Claro está que não há nação no planeta que resista a tamanha irresponsabilidade financeira.

Para que se tenha uma ideia do tamanho do rombo, somente entre 2006 e 2014, sob o comando de Lula e Dilma Rousseff, o Tesouro Nacional emprestou ao BNDES um total de R$ 550 bilhões. Tudo a juros baixíssimos e em condições altamente favoráveis aos grandes empresários, empreiteiros e larápios do dinheiro público.

Convém lembrar que no pós-guerra, entre 1948 e 1951, o Plano Marshall, responsável pela reconstrução de 16 países devastados pela 2ª Guerra Mundial, os EUA injetaram na Europa o equivalente hoje a R$ 315 bilhões (montante atualizado).

Em verdade, LULA e DILMA armaram uma BOMBA RELÓGIO DE EFEITO RETARDADO no TESOURO NACIONAL e tudo indica que o Brasil caminha para o abismo fiscal, já que não há controle de orçamento e muito menos a preocupação do governo de reduzir a gastança desenfreada com programas populistas.

Tudo isso, acrescido à roubalheira geral que está escancarada e às vistas de todos, me leva a afirmar que o Brasil enfrentará, inevitavelmente, a partir de 2014, uma terrível crise econômica que demandará pelo menos 4 anos para ser superada. E quem pagará a fatura desse desatino de LULA, DILMA e da quadrilha do PT serão os contribuintes dessa nação que hoje penaliza a massa com uma carga tributária extorsiva e perversa que bate na casa dos 48% de tributação. 

Para os políticos estúpidos e defensores do bando que nada sabem de economia-política e para esses petistas lacaios e ordinários que andam por aí se gabando da robustez artificial da nossa economia, eu digo: LULA e DILMA não têm a mínima noção de gestão pública, nem de orçamento, por isso mesmo continuam torrando, dilapidando e roubando porque não enxergam que deixarão o Brasil quebradinho da Silva e completamente desmoralizado frente a comunidade internacional. 

E digo mais: quem copia ou imita modelos fracassados, fracassa inevitavelmente. A inflação já se avizinha celeremente e com ela virão, com toda certeza, as dificuldades econômicas e os clamores que se vê em Cuba, Venezuela e Argentina.  

Não temo errar se disser que, a crise econômica do Brasil é só uma questão de tempo e o povo brasileiro (cuja maioria não sabe sequer usar um sanitário) pagará caro, com suores e lágrimas, pelas irresponsabilidades de LULA e de DILMA. 

Ou o Brasil se livra dessa praga petista que está no poder, roubando, fraudando, mentindo e delinquindo impunemente, ou o nosso país cairá em desgraça. 

RUY CÂMARA
Escritor