segunda-feira, abril 11, 2011

ABRAMOS OS NOSSOS OLHOS E FIQUEMOS ATENTOS


Fundamentado na história universal da tirania e opressão, repudio com convicção essa proposta mal-intencionada, inconsequente e famigerada do desarmamento da sociedade civil brasileira como forma de conter a endemia do crime e da violência urbana.

Conheço relativamente bem a história dos regimes totalitários para enfrentar com tranquilidade os embusteiros do poder que aproveitam uma ocasião dilemática para defenderem novamente o desarmamento da população brasileira.

Sabemos muito bem que o desarmamento (armas de fogo) da sociedade civil não inibe e não inibirá o crime em nenhum lugar do planeta, sobretudo na recente era em que o terror tem acesso garantido aos artefatos explosivos e outras substância químicas que podem dizimar de uma vez milhares de pessoas inocentes.

Sabemos também que o desarmamento foi um dos recursos usados pelos tiranos da história para subjugar, dominar e estender seu poder sobre gerações inteiras de cidadãos e cidadãs inocentes.  
Se os quadrilheiros do poder querem de fato inibir a onda de criminalidade no Brasil, que invistam pesado em educação e em formação humana para o trabalho. Que produzam uma lei capaz de fechar imediatamente todas as fábricas de armas e de munições no território nacional.  Mas que cuidem também de fecham as nossas fronteiras territoriais (ação protelada e difícil de execução) por onde entram diariamente pesados carregamentos de armas, munição e drogas para as milícias de delinquentes e traficantes que atuam no Brasil, algumas sob a proteção de gente muita astuta e graúda que tem lugar no poder.

NÃO SOMOS BOBOS a ponto de ACEITARMOS PACIFICAMENTE que os delinquentes e até mesmo os núcleos de comunistas que estão no poder afronte a nossa inteligência com essa proposta mal-intencionada e indecorosa do desarmamento. 

BRASILEIROS, ABRAMOS OS NOSSOS OLHOS E FIQUEMOS ATENTOS AOS MOVIMENTOS SORRATEIROS DESSE GOVERNO.