terça-feira, fevereiro 26, 2013

QUAL O GRANDE PROBLEMA DO BRASIL?




Se perguntarmos a um pobre qual é o grande problema do Brasil, por certo ouviremos a seguinte resposta: o grande problema do Brasil é a fome.

Se perguntarmos a um petista, ele dirá: o problema é a miséria e só se resolve isso dando bolsas com dinheiro público aos pobres e criando cotas raciais nas universidades. 

Se perguntarmos a um comunista, ele responderá: o problema é o capitalismo, cuja lógica é a acumulação, concentração de renda e a exploração dos trabalhadores pelos ricos.

Se perguntarmos a um socialista dos tempos atuais , ele responderá: o problema é a desigualdade social. Por isso é preciso aumentar a carga tributária sobre a riqueza das elites capitalistas para desconcentrar a renda e investir mais em programas sociais, educacionais, habitacionais,  de saúde e em infraestrutura pública. 

Se perguntarmos aos políticos ou governantes eles dirão: o problema é a escassez de recursos do Estado para suprir as deficiências dos sistemas de saúde, educação, segurança e infraestrutura pública. 

Se perguntarmos a um acadêmico ou educador, ele dirá: o problema não é só a precariedade da educação, nem a insuficiência de vagas nas estruturas educacionais. É problema é o salário de miséria que se paga ao professor. 

Se perguntarmos a um empresário ou economista, ele dirá: o primeiro grande problema do Brasil é o desemprego e o segundo, ainda mais grave, é como gerar mais empregos sem aumentar a inflação e os juros. 

Mas se alguém me perguntasse eu diria sem pestanejar: o grande problema do nosso Brasil é "como" civilizar o grande contingente de pessoas incivilizadas que embrutece uma nação corrompida em todas as suas estruturas!

Esse sim, é a grande problema que nós brasileiros precisamos enfrentar e com urgência, afinal, civilizar uma sociedade incivilizada, viciada na esmola do dia e embrutecida pelo populismo dos charlatões e embusteiros do poder, é, de fato, um processo bem mais amplo e complexo do que simplesmente educar formalmente, já que civilizar engloba e ultrapassa inclusive a educação formal, moral, social e cívica. 

Ruy Câmara
Escritor