terça-feira, junho 25, 2013

DESEJO, OBSESSÃO E ÓDIO FOMENTADO PELO PT


Quando o desejo se torna obsessão ou quando o ódio supera a razão, o resultado será sempre desastroso. O desejo antigo do PT de tomar o poder se tornou uma obsessão e essa obsessão petista, de se perpetuar no poder a qualquer custo, despertou o ódio entre as classes sociais, notadamente entre ricos e pobres.

Ao longo dos anos no poder, o PT aparelhou todas as instituições do país e desestruturou a frágil hierarquia social existente; corrompeu os valores morais da sociedade; dilapidou vorazmente os recursos do contribuinte com corrupção, roubos e fraudes; implodiu a estabilidade social e econômica; e tudo indica que as conquistas anunciadas não passa de artifícios de marketing que culminarão na ruína da vida de milhões de pessoas, notadamente daquelas pessoas ingênuas que acreditam nas estatísticas fraudulentas de renda e se imaginam inseridas na classe média, quando em verdade estão sendo arrastadas na esteira do populismo e quando acordarem desse sonho, estarão vivendo um pesadelo e ainda mais pobres do que eram, todos vítimas da demagogia de gente inescrupulosa que propagandeava ilusões aos quatro ventos.

E o que é mais deprimente: Em troca de sinecuras ou de esmola estatal (cujo objetivo foi é será sempre o controle social) o PT seduziu a massa ignara do país a aceitar como norma o desatendimento do Estado nas suas áreas finalísticas vitais (saúde, educação, segurança, infraestrutura) e ainda hoje induz boa parte dessa massa a aceitar como solução econômica a sua própria miséria.

Como o PT conseguiu tudo isso? Deusificando bandidos do naipe de Lula e utilizando um sofisticado e oneroso método de propaganda enganosa para iludir o mundo.

Desse modo, Lula e o PT transformaram o que seria uma promessa nacionalista no maior acidente histórico do Brasil.
(O texto acima foi publicado originalmente na minha página do Facebook em 2012)

Ruy Câmara
Escritor