terça-feira, junho 18, 2013

O GIGANTE ESTÁ DESPERTO

É lindo ver as imagens do povo brasileiro protestando nas ruas e nada assusta mais a um governo corrupto, ineficiente e incompetente do que um levante popular. O Brasil vai acordando do seu sono letárgico; está quase desperto; e quer o fim da corrupção, da impunidade e exige a remoção do PT e da petralhada do poder.  



E quando o povo (o grande leviatã) se levanta com sua revolta incontida, o governo perde o senso do que é justo ou injusto; do que pode ou não pode fazer e acaba, inevitavelmente, cometendo excessos para reprimir um povo que se ergue e reage de acordo com as suas frustrações, convicções, revoltas e vontades. 



Os políticos, as autoridades e até mesmo a imprensa brasileira ainda não entenderam o que se passa ou pelo menos fingem, mas entenderão, tardiamente, que o Brasil está mostrando claramente ao governo Dilma e aos políticos salafrários, que queremos mudanças urgentes; queremos o fim da roubalheira; queremos o fim da impunidade; queremos todos os marginais do mensalão na cadeia; queremos dois ministros do STF afastados das cortes; e queremos saúde, segurança, educação; empregos, estradas e transporte público de qualidade para a população.  



O Brasil está dizendo a si mesmo que, nessas alturas não é possível conquistar a confiança do povo com conversa mole, com bolsas-misérias, com joguinho de seleção, com chantagens e ameças dos cartolas e pilantras da FIFA e muito menos com mentiras e promessas descumpridas de uma presidente incapaz de gerenciar a própria cozinha. 

O Povo está vendo que o Brasil parou; que a Nação deve mais de R$ 2,5 trilhões (uma conta impagável); que a economia anda aos tombos; que não há dinheiro para as demandas sociais, mas há para construir estádios superfaturados; que Lula e seus filhos estão milionários; que os marginais do MENSALÃO estão livres e a roubalheira continua à pretexto de uma copa mundo. 

Ora, reduzir os protestos e as manifestações massivas ao aumento das passagens de ônibus em São Paulo é simplificar demais um problema que vem se agravando desde a descoberta de que Lula é o chefão de fato e de direito de uma quadrilha de alta periculosidade: a quadrilha do MENSALÃO.


Ademais, o Povo está dizendo na ruas que não aceita essa famigerada Proposta de Emenda à Constituição nº 37. O projeto, conhecido como PEC da Impunidade, pretende tirar o poder de investigação criminal dos Ministérios Públicos Estaduais e Federal, modificando a Constituição Brasileira. Na prática a emenda inviabilizará completamente as investigações contra o crime organizado, contra o desvio de verbas públicas, contra corrupção, contra os abusos cometidos por políticos e agentes do Estado e contra as violações de direitos dos cidadãos contribuintes.



E aqui vai um vaticínio: quem não escuta o clamor do Povo ou o reprime com violência bruta, sabe que, mais amanhã, mais hoje, tombará diante dos reprimidos; sabe que o Povo reprimido é detentor de tanto poder e de tanta força, que se torna capaz de praticar atos de qualquer natureza para afirmar a sua revolta contra aqueles que detêm o poder de repressão.



Diante dos protestos e das manifestações em 11 estados, envolvendo mais de 220 mil brasileiros indignados, eu pergunto: cadê os PETISTAS que pretendem a todo custo AMORDAÇAR a IMPRENSA? Cadê aqueles que desejam CONTROLAR na marra as REDES SOCIAIS?  

A esses lacaios do PT eu digo: que se cuidem, pois correm o risco de linchamento em praça pública. Correm risco porque o GIGANTE está de pé e assim continuará, afinal, é passada a hora

de o GIGANTE remover o PT do PODER; é passada a hora de os cidadãos brasileiros fecharem  por um bom tempo esse BUNKER atulhado de DELINQUENTES CHAPA-BRANCA, que roubam ou desviam o dinheiro nosso todos os dias, impunemente, e que chamam de Congresso Nacional. 




Ruy Câmara
Escritor