domingo, março 06, 2016

LULA, o BRAVETEIRO, SABUJO e SEVANDIJA


LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA, o BRAVETEIRO, SABUJO e SEVANDIJA (palavra que significa parasita, verme ou quem vive à custa alheia), não tem álibi para encobrir seu conluio criminoso com empreiteiros corruptos; não tem argumentos para se defender das acusações imputadas pelos delatores da Lava Jato; não tem credibilidade moral para anular com falácia populistas as provas materiais das suas trapaças; não pode justificar a riqueza e muito menos o patrimônio acumulado por sua reca familiar e agora tenta se defender debochando da justiça diante de um punhado de pelegos ordinários e famintos por MORTADELA. 


Acuado pela JUSTIÇA-JUSTA da FORÇA TAREFA do Ministério Público Federal, LULA reaparece em cena como um ZUMBI que se supõe acima da Lei para declarar guerra à Justiça, à imprensa, às instituições democráticas do país, ao bom senso e à razão. 


Mas o tempo de impunidade do camelô de empreiteiros larápios chegou ao fim, assim como chegou ao fim o governo ordinário e corrupto de DILMA, a comunista inconsequente que finge ignorar o estrago moral e econômico que arruinou a Nação e que levará o seu inventor, LULA, à prisão. 

Os melhores amigos de Lula e Dilma estão processados e/ou trancafiados, e a imensa lista de delatores que desvelaram a rede criminosa que atuava na Petrobras e noutras estatais, confunde-se hoje com a lista dos repudiados por Lula, Dilma e pelos petistas mentores, mandantes e operadores das falcatruas perpetradas pela vasta rede criminosa que ambos lideram desde 2002. 


DELCÍDIO DO AMARAL (ex-líder do Governo e agora um leproso para todos os membros da ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA) já apresentou provas substantivas de que Dilma sabia de tudo sobre as negociatas envolvendo a compra da sucateada refinaria Pasadena e a delatou como partícipe ativa na sociedade secreta criada por Lula para obstruir as investigações que enjaularam os empreiteiros envolvidas no escândalo de corrupção da Petrobras, sociedade que rendeu e rende favores, mordomias e mais de 40 milhões de reais para engordar a conta de Lula e de sua reca. 

As descomposturas, palavrões e bravatas de Lula contra a Força Tarefa de Curitiba, contra a procuradoria da república e contra o STF demonstram e desapreço do velho RATO DE CADEIA pela verdade, pela justiça, pela democracia e pela sociedade que se vê ameaçada pelos fanáticos que ainda se iludem com cartilha criminosa da seita petista. 

A despeito das provas materiais de tantos crimes cometidos por Lula e Dilma, o ministério público federal e o STF têm sido muito tolerantes ou mesmo lenientes em relação às acusações que pesam sobre ambos, afinal, não resta a menor dúvida de que Lula elegeu-se duas vezes e elegeu Dilma duas vezes, com dinheiro roubado da Petrobras, de Furnas, das Eletros, dos Fundos de Pensões e do BNDES. 

Recentemente a Lava Jato descobriu que a palestra em Santiago (Chile) marcada para 27 de novembro de 2013, que custou US$ 200 mil à OAS, é uma propina. Os e-mails dos executivos da OAS indicam que o arquivo do FALSO CONTRATO foi criado em 7 de janeiro de 2014, portanto, posteriormente ao evento.
Quando descobriu-se que Lula é o verdadeiro dono do apartamento de Guarujá e do sítio de Atibaia, ele foi para a TV e disse, cinicamente, que usa a chácara de um amigo porque os adversários não o oferecem nada. Esse descaramento de Lula me força a externar um desejo até então contido: como eu gostaria de ver esse velho BRAVETEIRO, SABUJO e SEVANDIJA preso, não pelos grandes crimes de corrução, de tráfico de influência, de ocultação de patrimônio ou de receptação de propina disfarçada de palestras, mas por FURTO QUALIFICADO, isso mesmo, por furto, envolvendo somente as relíquias e os objetos que foram levados do Palácio para o famoso Sítio de Atibaia e para os depósitos da GRANERO, operação que custou R$ 1,3 milhões à OAS. E o furto que dorme gratuitamente em um cofre-forte de uma agência do Banco do Brasil em São Paulo, não era uma mala ou alguns caixotes, mas 11 contêineres atulhados de obras de arte, relíquias e outros objetos pertencentes à União. 

No auge da sua popularidade, o Brasil e muitos países endeusavam Lula, o mito construído com propaganda suja e enganosa pela esquerda mais ordinária, pelega e lacaia da América Latina; e ele viajava pelo mundo posando de estadista, de pai dos pobres e era tão ludíbrio que uma fotografia sua ao lado de um candidato qualquer à cargo público, significava uma quase certeza de vitória. E quantos políticos e empresários de renome mostravam garbosamente uma foto sua ao lado do ilusionista das massas, esse velho rato de cadeia que faz do Brasil o paraíso tropical da corrupção endêmica e sistêmica sem cura e sem remédio? A lista é imensa!

Apesar da frouxidão das instâncias superiores da Justiça brasileira, o Brasil espera que, as condenações que abateram tantos outros membros da Organização Criminosa (José Dirceu, Antônio Palloci, José Genuíno, Delúbio Soares, Silvio Pereira, João Paulo Cunha, Delcídio do Amaral...) também alcancem Lula.

É certo que ele já caiu em desgraça, mas espera-se que a ruína moral que desaba sobre o chefão da quadrilha, desabe também sobre os seus sócios do crime (hoje leprosos do sistema), e também sobre seus familiares; sobre o presidente do Instituto do crime (Paulo Okamoto), sobre os ex-presidentes da Petrobras, Sérgio Gabrielli e Graça Foster, sobre o operador do BNDES, Luciano Coutinho, sobre o presidente da instituição criminosa, Rui Falcão, sem falar daqueles larápios ordinários que sumiram sorrateiramente e que mais adiante haverão de ser alcançados e criminalizados pela LAVA JATO, como já serão, com toda certeza, Collor de Mello, Renan Calheiros, Eduardo Cunha, Lindberg Farias, Guido Mantega, Edinho Silva, Gleise Hoffmann e seu marido, Paulo Bernardo, dentre outros corruptos federais. 

O Brasil já deu provas substantivas de que apoia integral e incondicionalmente a Força-Tarefa da Lava Jato, que apoio SERGIO MORO e que repudia LULA, DILMA e todos os figurantes desse teatro de salafrários e embusteiros ordinários que viciaram a massa de manobra sindical em pão com mortadela (pagos pelo contribuinte) para encenar tantas farsas deprimentes: a VITIMIZAÇÃO de uma presidente mentirosa e afeita ao crime desde a juventude e também de um farsante, corrupto e perigoso que se auto confunde com uma JARARACA.

A ex-terrorista e a serpente peçonhenta ainda estão vivas, rastejando com seus ódios sobre os próprios ventres, mas como ambos foram inoculados com os próprios venenos, seus dias no poder estão contados e o expurgo da dupla é só uma questão de Justiça-Justa e de tempo. E  não tardará o dia em que nós, brasileiros, veremos Dilma descendo aos tombos a rampa do Planalto para viver o seu ostracismo numa republiqueta comunista qualquer; e veremos também Lula sozinho, bufando em um cubículo com seus demônios interiores, onde nem mesmo os trombadinhas e batedores de carteiras quererão compartilhar a mesma latrina com o vigarista que costumava dizer a famosa bravata: "nuncaantesnahistóriadessepaís..."

Não há dúvidas de que o toque de midas de Lula tornou-se uma maldição para o País, para seus sócios do MENSALÃO, PETROLÃO, ELETROLÃO e também para DILMA, sua cria e sua merecida sina.           

Ruy Câmara

http://blogdoescritorruycmara.blogspot.com.br/2016/03/lula-o-braveteiro-sabujo-e-sevandija.html