quinta-feira, novembro 17, 2016

OS ABUTRES PATROCINADOS PELA ORCRIM ESTÃO DE VOLTA ÀS REDES SOCIAIS

Em petistas, comunistas e socialistas não se deve confiar jamais. Esses parasitas do Estado e hospedeiros da sociedade, quando percebem que não têm espaços para expressar as suas patologias ideológicas, se omitem, se escondem e se camuflam de todas as formas, mantendo-se aparentemente ausentes dos debates presenciais e nos grupos sociais. 

Tal como fazem os abutres de bicos e penas, eles passam o tempo que for preciso espreitando um animal enfraquecido e aguardando o momento propício para enfiar suas garras e picos cortantes na carcaça morta. E quando menos se espera, eles já formaram um bando faminto e capaz de devorar tudo que estiver podre e ao alcance. 

PERGUNTO: Alguém percebeu a quantidade de petistas e vigaristas da esquerda (todos eles travestidos de defensores da Lava Jato e da democracia) que voltaram com novas cores e de outras fomas a opinar nas redes sociais, notadamente no Facebook e no Twiter? 

Desde o impeachment de Dilma e o consequente banimento da organização criminosa do poder, não se via tantos petistas comentando postagens e atacando nas redes sociais o governo que eles mesmos elegeram e agora chamavam de golpista. 

E aqui cabe uma pergunta: o que motivou a volta desses abutres da esquerda para as redes sociais? Vamos, reflitam um pouco sobre isso!

Os abutres só estão retornando porque perceberam que muitos dos que até ontem clamavam nas ruas pelo banimento de Lula, de Dilma e do PT, caíram na cilada da pressa e da revolta instantânea, e passaram a atacar de forma virulenta o governo Temer, como se Temer fosse o responsável direto pelo desmantelo da economia do nosso país. 

Ora, o Brasil inteiro sabe que a louca, Dilma, jamais permitiu interferências do vice no seu governo. Sabe que ela maquiou as contas para encobrir seus crimes de responsabilidade fiscal, tanto que, até mesmo os órgãos de fiscalização e a sociedade não sabiam das fraudes contábeis que foram desmascaradas pelo TCU. Até mesmo Lula e a cambada petista se queixaram da forma centralizadora com que a ANTA governava o país, levando-o ao precipício. 

Mas, como faz parte da má-índole desses cretinos da esquerda, para cada ato criminoso cometido é necessário que haja sempre um culpado externo a ser responsabilizado, desde que não sejam eles próprios os verdadeiros culpados. 

Após refletir com a meditativa exatidão dos problemas nacionais e sobre os riscos que institucionais que comprometem as finanças do país, volto a alertá-los sobre o desatino de entrarmos no jogo sujo dessa esquerda fajuta e lacaia, afinal, quando atacamos o presidente Temer, estamos na verdade fazendo o mesmo papel da bancada da chupeta no Congresso Nacional, aquela conhecida bancada de pilantras e vigaristas que deseja a todo custo ver o presidente Temer no inferno e atenta e sabota a cada instante para que nada no país dê certo. 

Lembremo-nos o que essa canalha fez para atrapalhar o exitoso governo do Itamar Franco, o vice que assumiu na vacância de Collor de Melo. Mas foi justamente no governo Itamar que aconteceram as grandes reformas que tiraram o pais da crise, viabilizando o plano Real e uma centena de medidas saneadoras da economia.

É fato incontestável que, quem elegeu Temer foram os petistas, hoje seus inimigos e não nós. Apesar disso, reafirmo com plena convicção: o que interessa ao bando petista não interessa ao Brasil e muito menos a nós brasileiros. 

Se me fosse permitido dar um conselho ao povo brasileiro, eu diria: ninguém conserta os desmantelos de uma nação como o Brasil em curto prazo. Não há milagres nem façanhas em matéria de economia-política. Portanto, vamos dar um tempo para que a Lava Jato alcance todos os criminosos (não escapará nenhum); e vamos apoiar as com responsabilidade as reformas que estão em curso (PEC dos gastos, reforma política, da previdência e trabalhista) e até 2018 veremos, com certeza, a economia do nosso país nos trilhos. Isso é o que verdadeiramente nos interessa. 

                                                  Ruy Câmara é escritor e sociólogo 

http://blogdoescritorruycmara.blogspot.com.br/2016/11/os-abutres-patrocinados-pela-orcrim.html