quinta-feira, abril 09, 2015

DILMA JÁ CAIU E NÃO SABE!

A situação de DILMA é insustentável. Pressionada por Lula, pelos quadrilheiros da ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA e enchiqueirada no Congresso por Renan Calheiros, Eduardo Cunha e muito suavemente pela OPOSIÇÃO, Dilma permanece amarrada no trono com um fiapo de nada, por certo acreditando que Lula poderá ajudar na reconquista de 90% do povo brasileiro que a repudia e exige a sua remoção imediata de qualquer maneira. 

Ciente da própria ruína, Dilma só tem duas opções: ou renuncia, ou verá o palácio transformado num bordel da promiscuidade política jamais visto na história do nosso país. 

Do ponto de vista moral e ético, o governo Dilma anda aos tombos, tal uma prostituta bêbada e tonta, ora pendendo para a esquerda, ora para a direita, sem saber onde pisa ou a quem irá desagradar. Tanro é verdade que, em apenas 3 meses, Dilma já trocou 5 ministros (todos descartáveis), o que revela claramente o desastre retumbante da sua fracassada gestão. 

Claro que Dilma chegou longe demais com o seu talento e diligência. Para quem faliu uma lojinha de bugigangas a R$ 1,90; arruinou financeiramente uma secretaria em Porto Alegre; sem falar dos rombos bilionários na Petrobras, Eletrobras, Caixa Econômica, Banco do Brasil, Correios, BNDES, Fundos de Pensão e dos recursos desviados do FGTS e outros em apuração, Dilma apenas confirma tudo aquilo que eu afirmei em 2010, numa entrevista que concedi ao Jornal espanhol El Mundo, na véspera das eleições. Eis o link da matéria: 

http://www.elmundo.es/america/2010/10/29/brasil/1288388046.html

Para agradar gregos e troianos a atabalhoada presidente vai trocando ministros como quem troca as cartas de baralho num jogo entre trapaceiros, sem considerar as questões de gestão, tais como: o mérito, a vocação, o preparo formal, a experiência ou pelo menso um mínimo de conhecimento da pasta. 

No afã desesperado pelo poder, ora convida um e o desconvida em seguida; chama outro, arrepende-se e volta a convidar àquele que já havia descartado, e desse modo ela vai ficando por mais alguns dias no poder, sem se importar com as consequências dos seus desatinos. 

Nem mesmo Michel Temer aceitou por livre vontade a tarefa de atuar como bombeiro de uma presidente incendiária, que caiu em desgraça graças à própria incompetência e à roubalheira geral perpetradas por seus comparsas da ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA. 

Michel Temer, velha raposa da política, disse na madrugada de hoje (09/04) aos caciques do PMDB que Dilma não lhe fizera propriamente um convite, mas um apelo muito dramático, para que ele assumisse a coordenação política do governo. Preocupado, Temer sugeriu outro nome, mas Dilma insistiu, chegando a implorar a sua ajuda, sob pena de ser considerada abandonada. “Não tive alternativa”, declarou Michel Temer aos caciques do PMDB que o aguardavam no Palácio do Jaburu, sua residência oficial.

O fato é que Dilma assumiu o compromisso de nomear o ex-deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) para o Ministério do Turismo; nomeará para uma pasta mais robusta o afilhado de Renan Calheiros, Vinicius Lages; e poderá nomear também outro afilhado de Renan, Benedito Gonçalves, ministro do Superior Tribunal de Justiça.

Entretanto, após as conversas com os seus homens do PMDB, Temer arrependeu-se e voltou às pressas ao palácio na madrugada de hoje para ter uma nova conversa com Dilma, que já estava recolhida ao leito. Temer dispensou a extinção da pasta das Relações Institucionais e também a “atribuição” formal da nova função que Dilma ficara de providenciar de imediato. Ou seja, Temer engoliu novos ministérios para o PMDB e não se comprometeu tanto com a presidente. 

Mas diante dos novos apelos de Dilma, testemunhados no ato pelo suspeitíssimo Jader Barbalho, Michel Temer voltou a se comprometer com o papel de coordenador político de um governo que ele próprio, por força das circunstâncias, ajudará a derrubar, afinal o papel de todo vice que se preza não pode ser outro: conspirar e conspirar.


Ruy Câmara


http://blogdoescritorruycmara.blogspot.com.br/2015/04/dilma-ja-caiu-e-nao-sabe.html