terça-feira, julho 01, 2014

1ª DERROTA DE DILMA-LULA ANTES DA DERROTA QUE SE APROXIMA


Com protestos, vaias e xingamentos desmoralizantes, o Povo brasileiro já deixou bastante claro que quer mudanças profundas e urgentes antes que o PT venezuelize e cubanize o Brasil.

Mas, parece que, só quem não entendeu esse recado, foram Dilma-Lula, que tentaram de todas as formas empurrar goela à dentro do eleitor de São Paul, o poste-sem-lume de nome PADILHA, ministro da sucateada saúde brasileira e um dos responsáveis pelo contrabando dos escravos de jaleco de Cuba.

Com PADILHA isolado e repudiado pelo eleitor paulista em todas as pesquisas, Dilma-Lula recuaram e agora começam a amagar a primeira de uma série de derrotas, antes mesmo da derrota que amargarão em breve nas urnas de todo o país.

Reparem bem que São Paulo é o reduto de Lula e da burguesia sindical liderada pelo PT.

Se esse novo recado não for suficientemente claro para Dilma-Lula, é porque são burros demais para entender que o eleitor brasileiro não acredita mais no PT e quer muita distância dos seus bandos, notadamente no Nordeste, a começar pelo Piauí, Maranhão, Ceará, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia, redutos que até ontem eram dominados por petistas, e hoje andam de mãos dadas com a oposição.



Sem falar que o Rio de Janeiro e Minas Gerais estão fechados com Aécio Neves, em São Paulo o desastre do PT é ainda mais retumbante: nenhum partido ou líder importante quis aproximação com o candidato de Dilma-Lula ao governo. 


Os dois únicos patifes que ensaiaram apoio ao aventureiro do PT (e já estão recuando), foram, Paulo Maluf, procurado pela Interpol de 180 países com mandado de prisão, e o presidiário de Brasília, Valdemar da Costa Neto.
Precisamos dizer mais alguma coisa?

Ruy Câmara



http://blogdoescritorruycmara.blogspot.com/2014/07/1-derrota-de-dilma-lula-antes-da.html